Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2019

A síndrome de Mosby

Imagem
O Primeiro e Único Ted Mosby, figura central na série HIMYM Outro dia eu estava assistindo de novo um episódio de How I Met Your Mother. Para quem não conhece - ou não lembra - a série gira em torno da história de como o narrador, o arquiteto Ted Mosby, encontrou a mãe dos seus filhos. Os episódios contam histórias sobre seus relacionamentos, sobre seus amigos e das suas aventuras pessoais e profissionais. Eis que chega um ponto na série que Ted, que é um arquiteto, sai da empresa em que trabalhava e decide abrir o próprio escritório de arquitetura: a Mosbius Designs. Como toda boa comédia, não existe uma boa risada se não existir uma dor associada a ela – isso é tão verdadeiro que um sábio disse uma vez que humor é sofrimento mais timing. No caso de Ted o problema – ou a dor –  é que ele faz tudo menos o que é realmente necessário para que sua empresa dê certo. Ele passa horas escolhendo o material de escritório ideal para a Mosbius Designs - dedicando um tempo especialme

Eu, empreendedor.

Por que virei empreendedor? Algumas pessoas já nascem com o espírito de empreender. Preparam limonada para vender na frente de casa quanto tem 6 anos de idade. Pegam o dinheiro da mesada e compram borrachas perfumadas e vendem com lucro para as amiguinhas de escola com lucro. Fazem camisetas com estampas de silk screen e fazem dinheiro vendendo para amigos de faculdade. Abrem pet shops, docerias, lavanderias, criam grifes de roupas, escritórios contabilidade e muitas outras coisas. Ou seja, para ser empreendedor você precisa ter vontade e fazer as coisas acontecerem desde o começo. Não pode ter medo de arriscar e, mais do que tudo, precisa acreditar que tudo vai dar certo. No fundo todo empreendedor tem que ser um otimista, tem que ter um lado Poliana. Hoje em dia a palavra empreendedorismo está muito associada o mundo das startups: inovação, novas tecnologias, revoluções digitais e unicórnios. (Não aqueles cavalinhos míticos com um chifre que as meninas adoram, mas as companh

20/07/2019 - O Dia Em Que Faremos Contato

Imagem
sincronicidade sin.cro.ni.ci.da.de  substantivo feminino  1. Segundo a teoria de C. G. Jung, coincidência, no tempo, de um estado psíquico com dois (ou mais) eventos que, embora sem relação causal aparente, possuem uma relação de significado Existem alguns momentos na nossa jornada pela vida surgem oportunidades que carregam em si um potencial transformador profundo. E aí temos que tomar decisões que vão ter implicações enormes na nossa vida pessoal, na nossa carreira e em todos que nos rodeiam O problema é que, quando está acontecendo, raramente temos certeza do que estamos fazendo. Não existe uma luz verde, um sinal que brilha no céu que diz que está tudo certo, que você pode seguir em frente. Já me deparei com situações como essa várias vezes e, mesmo depois de todas essas experiências, tomar decisões e ter certeza de que estou fazendo a coisa certa continua sendo muito difícil. Aos 17 anos, tive decidir na época do vestibular entre as carreiras de engenharia aeroespacia